FÁTIMA E SEUS SEGREDOS

 

A "SENHORA LUMINOSA"  E  O  "MILAGRE DO SOL"

 

No dia 13 de Maio de 1917, três crianças tomavam conta de um rebanho de ovelhas numa serra em Portugal, na região de Fátima,  mais precisamente na Cova da Iria, onde Lúcia de Jesus Santos (de 10 anos de idade) e seus dois primos (Jacinta Marto e Francisco Marto (de 7 e 9 anos), foram surpreendidos na gruta onde brincavam, por um vulto luminoso donde se distinguia uma figura  feminina muito bela, com um ramo de flores nas mãos, sorrindo docemente para as crianças, dizendo para que não se assustassem. 

A entidade não disse quem era e sim apenas ao que vinha e os pastorinhos chamavam apenas de "Senhora Luminosa" cada vez que se referiam a ela quando eram interrogados pelos superiores da Igreja que mais tarde chamaram de "Virgem Maria" e arranjaram uma imagem para ser venerada num culto mariano que se originou até aos dias de hoje no Santuário em Fátima construido para o efeito.

Porém, a "Senhora Luminosa" pretendia apenas transmitir sua Mensagem às crianças para que o Mundo a conhecesse e por isso deu instruções para que elas comparecessem todos os dias 13 de cada mês (de Maio a Outubro), tendo sido impedidas de fazê-lo no mês Agosto pelo Administrador de Ourém que as levou para sua casa no dia 11 e as manteve ali durante 2 dias, impossibilitando-as de comparecer no local.

Deste modo a Aparição fez-se no dia 19 em Valinhos, um local campestre próximo da residência de Lúcia e seus primos, onde a Entidade luminosa insistia na importância das crianças continuarem a comparecer na Cova da Iria nos dias 13 e Lúcia assumiria então a missão de fazer tudo como lhe fora indicado pela Mensageira extraterrena que a instruia, apesar das grandes dificuldades que viria a ter pela incredulidade do povo e em particular da Igreja que a controlava e mais tarde a enclausurou num Convento (aos 11 anos de idade), tirando sua liberdade para o resto da vida. Lúcia viria a falecer num dia 13 de Fevereiro de 2005, com 98 anos de idade, no Convento das Carmelitas em Coimbra,  impedida assim de  cumprir a missão para a qual fora escolhida pela Mensageira extraterrena a quem hoje chamam de "Nossa Senhora de Fátima".

                                            

 A Igreja pretende agora 'beatificar'  Lúcia, como o foram seus primos (Francisco e Jacinta) que morreram muito cedo acometidos de doença grave depois de terem sofrido bastante pela incredulidade do povo e da perseguição de que foram alvo. O poder politico e religioso da época perseguiu as 3 crianças que chegaram a estar presas e mais tarde a Igreja  aproveitou o fenómeno da Aparição para tomar conta da situação.  Fátima é hoje um lugar de culto (e de negócio também) que prospera em grande escala e em todos os sentidos, mas a Mensagem da "Senhora Luminosa" ficou esquecida e por revelar ao Mundo, não aquela que foi declarada no ano 2000 em que se resumiu tudo na questão do atentado ao Papa,  mas sim  o "3º Segredo" que foi definitivamente omitido talvez para não se criar pânico na População.  

 

A verdade, porém,  é que Jesus-Cristo já tinha anunciado coisas terríveis no seu Sermão Profético para tempos de "Juizo Final" que o Segredo de Fátima também refere, mas a Igreja parece não prestar a isso muita atenção,  preferindo manter silêncio sobre o assunto apesar  da Mensageira dizer à jovem Lúcia que não devia ter medo de  transmitir tudo o que lhe dissera para que toda a gente (cristã e não cristã)  tomasse conhecimento dos Acontecimentos que poderiam sobrevir à Humanidade caso se continuasse a viver de forma errada, contrária às Leis de Deus, da Vida, da Ordem do Universo, como infelizmente ainda acontece na Actualidade.

 

Assim, depois de se ter concretizado uma das profecias  de Fátima, relacionada com a 2ª Guerra Mundial que efectivamente aconteceu depois  de um sinal visível no céu em toda a Europa na noite de 25-1-1938, tal como se tinha previsto,  a "Senhora Luminosa" falou também que uma 3ª  Grande Guerra  ocorreria, podendo perecer grande parte da Humanidade.

 

 

 

 

Entretanto várias catástrofes e calamidades que foram anunciadas estão acontecendo na Terra , enquanto os  cientistas prevêm o pior para os próximos anos pelas razões que  todos sabemos.

 

A Mensageira Divina concluiria por fim sua Mensagem com um recado dirigido à própria Igreja Católica ou Cristandade em geral dizendo o seguinte:

 

  ..."AS AUTORIDADES ECLESIÁSTICAS TERÃO DE SE TRANSFORMAR E TOMAR O CONHECIMENTO DA VERDADE COMO BASE, SE TAL NÃO ACONTECER A MORTE REINARÁ NO MEIO DA IGREJA E OS CRISTÃOS AMALDIÇOARÃO O CLERO. TERÁ CHEGADO O FIM DOS PAPAS (S. Malaquias, um bispo irlandês do século XII  já falava disto) E OS ÚLTIMOS GEMERÃO SOB DORES CORPÓREAS (aconteceu a João Paulo II e a Paulo VI), ENQUANTO SUAS ALMAS COMO QUE AÇULADAS VAGARÃO A ESMO... NÃO ENCONTRARÃO UMA SAIDA. O SEU TRONO CAIRÁ!" (Do Livro do Juizo Final de Roselis Von Sass - 5ª Edição)

Claro que percebe-se bem o facto da Igreja omitir estas e outras coisas que levaram o próprio Cardeal Fernando Cento a renunciar ao seu cargo de grande penitenciário, alegando motivos de idade, quando o Papa Paulo VI tomou conhecimento pela 1ª vez do chamado "3º Segredo" e sentiu-se mal, desmaiando, tendo o Vaticano decidido então não revelar a Mensagem ao Mundo. O caso foi noticiado em "A Gazeta" de S. Paulo no dia 17 de Abril de 1967.

Resta agora perguntar porque é que se classifica de "3º Segredo" essa Mensagem que só poucos conhecem. Tudo leva a crer que seja a conclusão de duas anteriores transmitidas pela mesma Entidade a outras crianças a quem apareceu em épocas e lugares diferentes.

A primeira vez,  foi em 19 de Setembro de 1846, em La Salette (nos Alpes franceses) perto de Grenoble, quando a Entidade surgiu a duas crianças de 12 anos de idade (Melanie Calvat e Maximin Giraud) que também viram surgir sobre um rochedo uma bela senhora que brilhava como uma luz e lhes sorria amavelmente, tendo em seus braços um ramo de rosas e uma grinalda na cabeça, tendo falado com as crianças para transmitir a seguinte Mensagem:

    ..."O TEMPO CADA VEZ MAIS SE APROXIMA,  O ABISMO ABRE-SE. DESGRAÇADOS SERÃO OS HABITANTES DA TERRA QUANDO A ÉPOCA DO CASTIGO CHEGAR. SATANÁS OBSCURECEU A INTUIÇÃO DOS HOMENS E EM ESPECIAL DOS SUPERIORES DA IGREJA, E, COMO SENHOR DAS TREVAS, FICOU DOMINANDO ENTRE ELES.  ASSIM QUE CHEGAR A HORA DA PUNIÇÃO,  A PAZ FICTICIA SERÁ DESTRUIDA, O CULTO FALSO EXTERMINADO, E OS POUCOS QUE SE LIBERTAREM SERVIRÃO UNICAMENTE A DEUS TODO PODEROSO. GUERRAS SANGRENTAS, FOME E GRANDES TRAGÉDIAS VIRÃO, CIDADES INTEIRAS DESAPARECERÃO, MONTANHAS RUIRÃO E O FOGO E A ÁGUA SERÃO OS ELEMENTOS PURIFICADORES DA TERRA... TODOS SOFRERÃO SE NÃO SE MODIFICAREM... "  

                                                    A Igreja, porém, modificou as coisas e tomou conta da situação, dizendo apenas que a "Virgem Maria foi vista em La Salette e chorou lágrimas amargas pelos pecados da Humanidade"... pouco mais restando da mensagem original que a maioria das pessoas desconhece. Seis anos depois foi construido no local um Santuário ou Basílica que levou 13 anos a ser construido (1852-1865).

A segunda vez,  foi em 11 de Fevereiro de 1858, quando a Entidade Luminosa apareceu em Lourdes, velha cidade dos Pirinéus - França, e falou com uma criança de 14 anos de idade,  Maria Bernarda Soubirous (mais conhecida por Bernardette), dizendo algo semelhante à primeira mensagem. Durante 15 dias a jovem deslocava-se à gruta de Massabielle onde surgiu a luminosa aparição que a fazia sentir-se muito feliz. Porém a jovem sofreu imenso quando transmitiu a mensagem que lhe fora revelada dizendo que o próprio Clero não estava servindo o céu e sim o inferno. Por causa disso Bernardette foi acusada de ser uma farsante e "amotinadora". Foi preciso um milagre para que o povo acreditasse nela e isso aconteceu com uma nascente de água cristalina que brotou da rocha, com propriedades curativas no local onde se deu a Aparição. Lourdes tornou-se assim um lugar visitado hoje por muita gente (crente e não crente) que vai ali na esperança de encontrar a cura de seus males...

Enfim, em  Fátima também foi preciso um 'milagre' para que as pessoas acreditassem nas crianças e isso deu-se no dia 13 de Outubro de 1917 com o chamado...

 

 "MILAGRE DO SOL"

 

     

 

Efectivamente, quando Lúcia, Francisco e Jacinta, se mantinham no local onde a "Senhora Luminosa"  havia prometido fazer o sinal, a multidão calculada entre setenta e oitenta mil pessoas acabaria por testemunhar aquilo que muitos hoje chamam de "alucinação colectiva"  mas vale a pena  ler o que está escrito em documentos da época  que a escritora Fina d'Armada consultou nas suas investigações e relatam assim:

"Chovera a cântaros naquele  dia e ainda chuviscava quando, ao entardecer, no instante em que a 'Senhora' se elevava,  Lúcia gritava: “Olhem para o sol”! As  nuvens se  entreabriram e descortinaram o sol.  Mas era um sol  estranho, achatado, com um contorno bem definido, que mais parecia um  imenso  disco de  prata.  Brilhava com uma intensidade  jamais vista, mas  não ofuscava  nem cegava.  O  disco  começou a “bailar” e, qual gigantesca roda de fogo, girava rapidamente.  Imobilizou-se  por alguns instantes para recomeçar a girar vertiginosamente sobre si  mesmo.  Suas bordas tornaram-se  escarlates e deslizou como um redemoinho, espargindo chamas de fogo.

Jorrava cascatas de luzes verdes, vermelhas, azuis e violetas, de variadas tonalidades, que  se reflectiam no solo, nas árvores, nos arbustos, nas roupas e nas próprias faces das pessoas. Animado por um movimento louco, o globo de fogo tremulou e sacudiu antes de precipitar-se em 'zigue-zague' sobre a multidão que, apavorada, esboçou gestos de pânico. Era como se o fim do mundo houvesse chegado. O disco então parou por alguns minutos como se concedesse um intervalo de descanso, para logo em seguida recomeçar os movimentos e emitir luzes flamejantes. Após nova pausa, a dança recomeçou, tão gloriosa, quanto antes. O “milagre do sol” durou um total de 12 minutos, no fim dos quais muitos notaram que suas roupas, encharcadas pela chuva, haviam secado completamente, assim como o chão. O ciclo das aparições terminava".  

 

Logicamente não foi o Sol que ‘dançou’ para a multidão no dia 13 de Outubro de 1917.  O Astro Rei a 150 milhões de kilómetros de distância jamais poderia  ter saido do seu lugar sem que isso causasse uma hecatombe na Terra e dentro do Sistema Solar.  Portanto, o que aconteceu em Fátima (não foi visto no país inteiro) foi outra coisa e teve a ver obviamente com uma manifestação extraterrestre, uma nave de aspecto radiante que  hoje chamamos de "OVNI", pela forma como tudo aconteceu.

 A descrição do objecto voador e seus movimentos não poderia ser mais perfeita.   Aliás, várias pessoas chegaram mesmo a ver por debaixo do imenso disco muitas luzes (de várias cores) que giravam  e viram também cair do ar algo semelhante a ‘pétalas de flores’ que se desfazia nas mãos antes de chegarem ao chão. Este tipo de relato é característico pelo efeito causado na atmosfera pela energia magnética utilizada por essas naves que deixam uma espécie de 'flocos de neve' na sua passagem ou uns filamentos brancos no ar conhecidos por “cabelo de anjos” nos meios ovniológicos.  

Claro que tudo isto é rejeitado pela Igreja Católica que deu outras interpretações sustentadas nas suas próprias teses ou dogmatismos que vão perdendo consistência nos tempos que correm, pois muitas coisas se vão sabendo e transmitindo, além de que pensar ou raciocinar livremente não é pecado.  Quem já fez um estudo sério sobre o assunto,  verifica que o ocorrido em Fátima se enquadra perfeitamente no âmbito do fenómeno ovniológico que faz parte integrante  não só dos relatos bíblicos (do Velho e Novo testamentos), como de outros livros antigos, nomeadamente o Mahabarata, os Vedas, entre outros.

Nos Evangelhos, por exemplo, o fenómeno da 'transfiguração' no alto do Monte Tabor,  pode estar associado a um contacto que Jesus teve com seres de outro nível pelo modo como tudo aconteceu, pois ele tinha subido ali para 'orar' na companhia de seus 3 discípulos (Pedro, Tiago e João) e a certa altura as suas vestes e o rosto ficaram completamente iluminados,  como se um foco de luz intenso se projectasse sobre ele no meio do escuro.  Depois apareceram dois "varões" (homens) que os discípulos confundiram com Moisés e Elias (já falecidos há muito tempo) e pretendiam fazer um tabernáculo para todos pernoitarem ali naquela noite (lógico que não eram espíritos), sendo que desceu sobre o local uma “nuvem luminosa” (ou nave radiante) que os cobriu a todos e nela entraram.  Jesus disse mesmo aos 3 díscípulos para não temerem e não contarem a ninguém o que tinham visto. (Ver S.Mateus,  17: 5 e 6, e  S.Lucas  9: 34)

Ora, a descrição do sucedido é claramente um relato ovniológico e não outra coisa fantasiada pela linguagem religiosa da época ou dos dias actuais. Aliás, por alguma razão existe hoje uma construção muito interessante fazendo lembrar um  "Ovni" (Objecto Voador Não Identificado)  no lugar onde era antigamente a casa de  Pedro em Cafarnaum, junto ao lago Tiberíades,  como se vê nas fotos em baixo:

 

     

      

                                                                  

Recordo que Pedro foi um dos discípulos que esteve presente no local onde se deu a tal ‘transfiguração’ e viu tudo o que se passou no interior da tal 'nuvem luminosa' que desceu sobre todos.

E já agora, especulando um pouco mais sobre o assunto, direi também que talvez não seja por acaso que a nova construção do edifício integrado no Santuário de Fátima, a  "Igreja da Santíssima Trindade", tem também um aspecto circular cuja linha arquitectónica faz lembrar mais  uma gigantesca nave espacial e não propriamente uma Igreja ou Catedral.  Não será?

 

   

Enfim, talvez a Igreja não veja as coisas desse modo, mas penso naquelas palavras de Jesus que dizia:  “Muito mais teria para vos dizer, mas não estais preparados para suportá-lo agora, mas quando vier o espírito da Verdade ele vos guiará em tudo o que tereis de saber porque não falará de si mesmo mas das coisas que hão-de vir...  

 Finalmente, creio  que não estamos sós no Universo e muitas coisas como os 'Crop Circles' (ver aqui) e os milhares de avistamentos de Ovnis em todo o Mundo nos tempos que correm, são alguns sinais que é preciso saber interpretar para saber verdades e desmistificar fantasias religiosas que impedem as pessoas de evoluir ou progredir para outras realidades, tendo em conta que o Mundo vai passar por uma Grande Transformação necessária de resto para uma Nova Era aqui na Terra, onde a Humanidade está cada vez mais em perigo pela sua forma de civilização que está levando o Mundo à destruição. Os degelos polares e as alterações climáticas resultantes do famigerado “Aquecimento Global” são já um sério sinal dos “dias de Noé” que Jesus disse que sobreviriam e já começam a verificar-se no século actual.  A Mensagem de Fátima confirma tudo o que Jesus profetizou e denominou de “Juizo Final”...

 Por isso, creio num eventual Contacto com Seres de outra ordem evolutiva, os  tais 'Anjos e 'Santos' que Jesus referiu no seu Sermão Profético dizendo que viriam sobre as ‘nuvens’ do céu (em suas naves) com “poder e grande glória” (no meio de brilho) para fazer aqui uma certa Intervenção. A sua missão é ajudar a salvar a Humanidade e creio que Fátima, entre outros locais no Planeta, pode ser um ponto de recolha onde muitos se encontrarão nos dias de grande atribulação.

Quem puder entenda...

           .

                     Pausa para reflexão!                  

RUI PALMELA

 

            Voltar