EMBAIXADORA DA ONU PARA CONTACTOS COM ALIENIGENAS

 

 

Uma noticia surpreendente  em Setembro/2010 dava conta que a ONU designou a astrofísica Mazlan Othman como Embaixadora das Nações Unidas para o Espaço, com a responsabilidade de coordenar a resposta da humanidade no momento em que aconteça um contacto com Seres Alienígenas (Extraterrestres). 

Othman, actual directora do Departamento das Nações Unidas para o Espaço Exterior (UNOOSA) reeleita no cargo em 2007 pelo Secretário-Geral Ban Ki-moon, teria sido nomeada em Set/2010 para ser embaixadora no contacto com Extraterrestes, chegando a dar uma conferência para explicar a profundidade das suas competências perante a Royal Society. Ver aqui site sobre o assunto: http://www.exopolitics.org/Exo-Comment-87.htm .

Entretanto parece ter havido um desmentido posteriormente feito pela própria, talvez pelo facto de terem surgido algumas reacções adversas quanto à sua nomeação para esse cargo, mas o facto é que o assunto se tornou público num artigo publicado pelo The Sunday Times que o The Australian também fez eco em sua página aqui.   

A ideia da ONU em avançar com uma eventual nomeação de Othman para o cargo deve-se ao grande número de planetas descobertos recentemente que orbitam estrelas como o Sol, aumentando assim as possibilidades de haver outras civilizações ou vida inteligente fora da Terra. 

Na verdade já existem contactos em segredo com alguns seres alienígenas por parte dos EUA, havendo cada vez mais provas de sua existência pelos milhares de avistamentos de OVNIs em todo o Mundo com vários casos de 'abduções' de pessoas levadas ao interior dessas naves, sejam elas de origem extraterrestre ou intraterreste. De resto, vários paises já reconheceram oficialmente a existência dos Ovnis e dos seres alienígenas como podem ver aqui:

http://www.novaera-alvorecer.net/paises_reconhecem_ovnis.htm 

As Nações Unidas no entanto procuram agora mostrar alguma abertura sobre o assunto, não porque tenham descoberto novos planetas que orbitam as estrelas mas sim porque milhões de pessoas acreditam na existência de Seres Extraterrestres ou civilizações mais evoluidas ou avançadas no seio do Cosmos sem precisarem de provas ou confirmações oficiais dos poderosos do mundo.

 

 

Entretanto, não deixa de ser preocupante uma noticia que veio a público em 29-10-2012 que fala sobre um suposto confronto com OVNIS na Antártica. Ver aqui. Também uma outra noticia surgiu na mesma altura (em Outubro/2012) dando conta que um antigo assessor do Ministério da Defesa de Inglaterra afirmou que o país estava preparado para enfrentar naves extraterrestres. A informação é de Nick Pope, um homem que trabalhou 21 anos no governo (entre  1985 e 2006). O assunto está publicado nesta página: http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/em-caso-de-uma-invasao-de-et-s-reino-unido-estara-preparado 

Face a estas duas notícias seria bom que os governos falassem abertamente sobre o que sabem verdadeiramente a respeito dos Ovnis e ETs, e não fizessem o jogo da contra-informação que visa camuflar ou dificultar o acesso ao conhecimento deste tipo de assuntos que escapam à maioria da população. Porém uma grande parte de pessoas acredita na existência dos ETs  e sente que eles não são hostis como se pretende fazer crer e sim até estão preparados para  intervir e ajudar a Humanidade nos tempos difíceis que se aproximam e serão de grande atribulação para toda a Civilização. 

Para terminar, direi que pelo meu lado dispenso qualquer representação da ONU para um eventual contacto com os ETs, além de que teria de haver uma escolha livre e democrática em cada pais para  se fazer representar para dar as boas vindas a esses nossos Irmãos do Espaço (ou do interior da Terra se forem de Shambalah) que sabem que se aproxima a hora de se revelarem à Humanidade e de nada adiantam as tentativas dos governos ou dos Serviços de Inteligence Militar dificultarem essa Manifestação. 

Pausa para reflexão!

Rui Palmela

 

Voltar